terça-feira, 16 de setembro de 2008

Considerações de uma estudante de administração...

Em meio ao “empurra-empurra” onde governo e empresários culpam uns aos outros a respeito do baixo crescimento do Brasil rumo a sustentabilidade e ao desenvolvimento, as consultorias empresariais buscam soluções para melhorar o gerenciamento e até mesmo fazer com que haja uma ajuda mútua entre esses dois setores. É preciso rever conceitos e reavaliar questões importantes para um bom gerenciamento, como por exemplo, a liderança, o conhecimento técnico sobre a área e o método a ser seguido para que as metas possam ser realmente atingidas. Não bastam somente planos de ação, é preciso definir concreta e realistamente as formas de se chegar “lá”.
Há no país, inúmeros bons empresários que tem tudo para crescer e crescer cada vez mais. O problema é que isso somente não basta. É necessário um investimento no povo brasileiro. A cultura e a educação ainda são muito ultrapassadas. Na questão de inovação, por exemplo, ainda se investe muito pouco. Com isso nos tornamos atrasados. Apesar de ter sido criada uma mentalidade nacional de melhora do sistema de educação, a melhora não tem acontecido na rapidez que deveria ter. O país precisa de uma nova conscientização, na qual, governo, empresários e funcionários discutam, planejem e trabalhem juntos pela melhoria. O inicio para o grande salto é parar de “choramingar” e começar a analisar as possibilidades. As empresas, assim como o governo, precisam criar soluções criativas, estabelecer metas claras e focar-se não somente no seu “próprio umbigo”, mas sim em função dos reais interesses e necessidades do país.

4 comentários:

Anônimo disse...

Belo texto, isso mesmo que acontece.
cada um fica pucando um pedacinho do Brasil pra seu próprio lado, isso nunca dará certo.

abraco


=== www.interLouco.com.br ===

Fernando Souza disse...

olá. concordo em parte com suas análises. por exemplo, vejo um desequilibrio entre seus pensamentos e a realidade quando você diz que a nossa cultura está ultrapassada, sendo que nosso cinema está em seu quase-auge e Machado de Assis é citado no The New York aTimes. educação sim é ultrapassada, infelizmente. como não quero ser fruto dessa educação, conto comigo mesmo para acrescentar elementos construtivos em meu cérebro.

um desses elementos é a observação. observo que você escreve bem e que deseja falar algo, requisitos básicos para quem quer mostrar seu talento de forma mais abrangente. estarei vendo, com grande prazer, como você apresenta seu talento por aqui. estou na minha fase blog!

abs,
fernando

Sakuya Jono Katô disse...

Realmente vc está mais que certa.
"Nós brasileiros" choramos mais que fazemos. O ensino está precario, isso resulta num mal aprendizado dos alunos, e dai não serão capacitados o suficiente para sua profição escolhida.
deveriam ser diponibilizados cursos gratis, pago pelo coverno que é quem vai ter o maior retorno por causa dos impostos. Mas... infelizmente tão olhando apenas para a "bunda" deles.

http://kato-hp.blogspot.com/

Edy Nunes disse...

São tantos empecilhoss que prefiro não pensar!

Obrigado pelo elogio referente ao texto "Evidências".

Edy Nunes,