sábado, 20 de dezembro de 2008

Luz...

Presa na escuridão...
Mas não no negro da noite, cujas estrelas e a lua irradiam;
Escuridão mórbida,
Sombras que prevalecem e fazem estremecer;
Mas o que é aquilo?
...
Uma brecha,
Será possível?
Vejo um filete de luz no final do corredor escuro,
Luz que alcança meu rosto e cega meus olhos;
...
A escuridão ainda prevalece,
Mas tenho a certeza de que um dia,
Essa luz tímida,
Pequeno filete,
Será tão radiante ou até maior que o Sol.

2 comentários:

Marcio Santos disse...

gostei do seu texto,desculpa a demora pra comentar


http://paginadacomedia.blogspot.com

Noticias reais e curiosas, todas verdadeiras e com fonte.

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=12746242

-----------------------------------------
parceria?
topico "nossos parceiros"
http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=12746242
COMUNIDADE "BLOG PAGINA DA COMEDIA"

Rui Felipe disse...

Sabe que sempre, talvez, há luz no fim.
Em algumas culturas, religões, diferentemente das gandres cristãs, no fim, tudo fica bem!!!
Paz e Amor :)