segunda-feira, 5 de maio de 2008

Momentos de crise...

Você não sabe o que eu estou sentindo-ele disse.
-Não, eu não sei, mas posso ver a tristeza nos seus olhos e a angústia em sua alma.
-É, o dia estava monótono e calmo, mas a noite veio gelada e inquieta.
Não importa o que ela diga ou pense...O que importa é o que sente nesse momento.
-Remorsso talvez;
-Assim espero.
Quisera eu poder sanar um pouco dessa sua dor, mas quem sou?
Não passo de uma simples mortal...uma garota com sonhos bobos a quem faltam palavras.
Seja como for enfrentaremos isso juntos.Sempre.
Não brinco quando digo que quero dividir a vida contigo.
Sabe,-a garganta esta seca-por mais que a noite esteja fria e nada possa ser mudado ou esquecido tão depressa, o Sol logo entrará por aquela janela.
Silêncio...
Lágrimas.

4 comentários:

Gábi disse...

Sabe,-a garganta esta seca-por mais que a noite esteja fria e nada possa ser mudado ou esquecido tão depressa, o Sol logo entrará por aquela janela.

é, nada pode ser mudado, nem esquecido depressa, mas uma hora muda, e uma hora esquece.
O tempo é o senhor de tudo, ele passa e leva tudo junto, tudo mesmo!

Igor Lessa disse...

Nossa, que forte...
Essa frase sobre "falar sério quando quer dividir a vida contigo". Sei lá, busquei isso por tanto tempo. Ainda busco. parece utopia.


Adorei sua visita, viu!
Seus comentários são demais!

Um beijo!
ps: já está linkada tb ;)


Olhando Pra Grama - Crônicas de um ansioso

O Profeta disse...

Na água tudo se perde
Lavas do rosto a desventura
Uma lágrima é simples gota
Perdida do mar da ternura


Boa semana


Doce beijo

Mary West disse...

Lindo lindo, pelo menos uma coisa é real, momentos assim tão melancolicos não duram muito tempo.